Nome do Pesquisador: Almir Oliveira Neto (IPEN)

Agência de fomento: Sem financiamento

Vigência: 09/2018 à 09/2022

Pesquisadores Docentes da UFABC:
Everaldo Carlos Venancio

Pesquisadores Externos:
Almir Oliveira Neto
Luís Marcelo Garcia da Silva

Resumo: A aplicação de nanopartículas de Pt-Pd-Ru em células a combustível de etanol, já foi bem estudada e comprovada sua eficiência. Assim como a utilização de polipirrol com Pt, formando estruturas core-shell. Outro aspecto importante, é o polímero utilizado na formação da membrana. Muitos trabalhos utilizam o nafion como suporte para os nanocompósitos, sendo este amplamente empregado na forma de casting. Pesquisas recentes apontam a eletrofiação como uma forma mais eficiente de produção de membranas, pois cria poros interconectados o que aumenta a superfície de contato, pela formação de estruturas 3-D. Dentre os polímeros utilizados na confecção de membranas, o PVDF está sendo bastante empregado, pois possui piezoeletricidade, biocompatibilidade, flexibilidade e maior vida em fadiga. Apesar das inúmeras vantagens, ainda é pouco usado na área de catalise.

Nome do Pesquisador: Luana Sucupira Pedroza

Agência de fomento: FAPESP

Vigência: 08/2018 à 07/2023

Resumo: Controlar as reações químicas para obter energia de uma maneira mais eficiente é desafiador dado que as reações eletroquímicas ocorrem na interface sólido/líquido. Pouco se entende sobre essas interfaces heterogêneas num nível microscópico, tanto experimentalmente quanto de uma perspectiva teórica. O progresso nas simulações atomísticas com o desenvolvimento de metodologias e um aumento do poder computacional tem um importante papel no avanço da chamada eletroquímica ab initio. Isso permitirá predições quantitativas e assim um design específico ao material. Nesse projeto estudaremos em detalhe as propriedades estruturais e dinâmicas de eletrólitos aquosos em interfaces metálicas incluindo os efeitos quânticos nucleares e considerando o efeito do potencial do eletrodo, na presença de uma voltagem externa aplicada aos eletrodos. Isso será feito desenvolvendo-se uma nova estrutura computacional estado-da-arte baseada em metodologias ab initio, tais como a Teoria do Funcional da Densidade (DFT), métodos de funções de Green fora do equilíbrio (NEGF) e o formalismo de dinâmica molecular de integrais de caminho (PIMD). Dessa forma, teremos uma descrição melhor e mais detalhada da interface água/metal, permitindo uma correspondência entre a voltagem macroscópica e a (re)distribuição de carga interfacial microscópica em células de combustível eletroquímicas. Esse projeto envolverá uma forte colaboração entre grupos teóricos e experimentais tanto no estado de São Paulo quanto do Fritz Haber Institute - Max Planck Society em Berlin.

Nome do Pesquisador: María Cleofé Valverde Brambila

Agência de fomento: Sem financiamento

Vigência: 09/2018 à 12/2020

Pesquisadores Docentes da UFABC:
Andréa de Oliveira Cardoso

Pesquisadores Alunos da UFABC:
Adriel de Barros Simeão
Stefânia Bernardi Scopel
Briane Carla Coppi Ferreira

Resumo: O objetivo do projeto é o estudo do clima, as suas variabilidades e seus impactos em sistemas ambientais. Também, analisa e monitora os impactos nas grandes cidades metropolitanas no contexto de Clima Urbano. Consequentemente avalia cenários de Mudanças Climáticas, seus impactos, adaptação e vulnerabilidades nos diferentes sistemas ambientais.

Nome do Pesquisador: Marcelo Oliveira da Costa Pires

Agência de fomento: Sem financiamento

Vigência: 10/2018 à 10/2020

Resumo: Pretendo estudar a estabilidade de correntes persistentes em uma mistura de gases de Bose acoplada coerentemente e presa a uma armadilha na forma anelar a temperatura nula. O critério de estabilidade será obtido através da análise das excitações coletivas obtidas das soluções autoconsistentes das equações de Gross-Pitaevski para o estado fundamental e das equações de Bogoliubov-de Gennes para as excitações.

Nome do Pesquisador: Diogo Librandi da Rocha

Agência de fomento: FAPESP

Vigência: 07/2018 à 06/2019

Resumo: O preparo de amostras é altamente suscetível a perdas do analito e contaminações, além de geralmente consumir muito tempo das análises. Algumas desvantagens do preparo de amostras envolvendo decomposições e extrações podem ser superadas com o preparo em microescala. Nessa estratégia, pequenas quantidades de amostra e reagentes são utilizadas para diminuir a geração de resíduos e o tempo do preparo, além de assegurar a integridade do analista. A implementação dessas etapas também pode ser realizada em sistemas de análises em fluxo, tornando o processo menos suscetível a perdas do analito e contaminações. O processamento é altamente reprodutível, permitindo a aplicação analítica de decomposições e extrações incompletas. Neste projeto, a microdecomposição e a microextração em batelada e em linha serão avaliadas empregando radiações micro-ondas e interações líquido-líquido. Os módulos de análise serão baseados na multicomutação. Os procedimentos desenvolvidos serão aplicados na determinação de fósforo e glicerol livre em biodiesel. Espera-se que os procedimentos desenvolvidos superem as desvantagens atribuídas aos de referência, como a minimização da geração de resíduos, dos custos e do tempo das análises, com alta eficiência e exatidão. As características analíticas serão estimadas e os resultados das análises das amostras serão comparados com os obtidos por procedimentos de referência e/ou alternativos disponíveis na literatura.

Entre em contato

Bloco L - 3° andar

Avenida dos Estados, n° 5001

Sta. Terezinha - Sto. André - SP

CEP: 09210-580

Email: propes@ufabc.edu.br

 

Telefones

Gabinete: 3356-7614

Administrativo: 3356-7620/7618

IC: 3356-7617

CAP: 3356-7615/7616

Propes-SBC: 2320-6150/6151

CEM-SA: 4996-0028

CEM-SBC: 2320-6176

Biotérios: 3356-7511