ASPECTOS ECOLÓGICOS E MOLECULARES DA DIGESTÃO DA LIGNOCELULOSE EM CUPINS SUPERIORES NEOTROPICAIS

Nome do Pesquisador: Alberto José Olavarrieta Arab

Agência de fomento: FAPESP

Vigência: 02/2016 à 01/2018

Pesquisadores Externos:
Fabio Squina (CNPEM)
Ana Maria Costa Leonardo
Thabata Alvarez (CNPEM)
Gabriela Persinoti (CNPEM)

Resumo: Devido à sua capacidade de digerir a lignocelulose, os cupins são considerados organismos chaves na manutenção da estrutura e da integridade dos ecossistemas já que são capazes de manter o balanço de carbono e incorporar matéria orgânica no solo. Eles também são considerados os menores biorreatores do planeta. A evolução dos cupins foi marcada pela mudança na composição dos simbiontes do trato digestivo e aquisição de estratégias mais eficientes para a digestão da lignocelulose resultando na diversificação da dieta. Entretanto, alguns aspectos da digestão da lignocelulose na maioria dos cupins neotropicais ainda são pouco conhecidos havendo a necessidade de se implantar pesquisas que retratem melhor esses organismos. O objetivo geral desta proposta estudar a digestão da lignocelulose e a estrutura da comunidade de microrganismos simbiontes em cupins superiores neotropicais integrando análises ecológicas e moleculares. Inicialmente, as funções dos microrganismos simbiontes em Cornitermes cumulans serão comparadas por meio da análise metagenômica e metatranscriptômica. Posteriormente será avaliada a atividade das lignocelulases e composição da comunidade de microrganismos simbiontes em seis espécies de cupins com estratégias alimentares diferentes, através de análises enzimáticas e sequenciamento dos genes 16S e ITS2. Espera-se que a estocagem do alimento por C. cumulans facilite a degradação da lignocelulose por microrganismos do solo antes da ingestão. Espera-se também que a digestão da lignocelulose e a composição da microbiota apresentem variação de acordo com os hábitos alimentares das diferentes espécies de cupins. Os resultados desta proposta serão importantes para o melhor entendimento das relações simbióticas entre cupins e seus simbiontes.

Entre em contato

Bloco L - 3° andar

Avenida dos Estados, n° 5001

Sta. Terezinha - Sto. André - SP

CEP: 09210-580

Email: propes@ufabc.edu.br

 

Telefones

Gabinete: 3356-7614

Administrativo: 3356-7620/7618

IC: 3356-7617/7619

CAP: 3356-7620/7616/7615

Propes-SBC: 2320-6150/6151

CEM-SA: 4996-0028

CEM-SBC: 2320-6176

Biotérios: 3356-7511