Viabilidade do uso do técnica NIRS para mapeamento da função hemodinâmica cortical e estudo da conectividade funcional do cérebro humano

Nome do Pesquisador: João Ricardo Sato

Agência de fomento: Sem financiamento

Vigência: jan/15 à jan/18

Resumo: Atualmente, a ressonância magnética funcional (RMf) é o método mais utilizado para o estudo da dinâmica cerebral in vivo. Entretanto, um número crescente de estudos tem utilizado a técnica de tomografia ótica (i.e. NIRS, do inglês near-infrared spectroscopy) para a avaliação funcional do cérebro. Assim como a RMf, o NIRS infere indiretamente a atividade neural pela avaliação da flutuação local de hemoglobina oxigenada na superfície cortical. Em particular, o NIRS oferece algumas vantagens em relação à RMf tais como a possibilidade de avaliação também das mudanças na concentração de hemoglobina não-oxigenada, portabilidade, menor sensibilidade à artefatos de movimento e custo reduzido. Por estas razões, o NIRS tem sido indicado como um método não-invasivo especialmente interessante em experimentos ecológicos, nos quais se tem por objetivo avaliar os correlatos neurais da realização de tarefas naturais da vida real. Entretanto, a viabilidade e a validade do NIRS em produzir medidas de resultados compatíveis com as da RMf para avaliação da função e conectividade funcional do cérebro ainda não são completamente conhecidas. Assim, este projeto tem como objetivo descrever os padrões de ativação e conectividade cerebral aferidos pelo NIRS durante: 1) a execução de tarefas cognitivas e sensório-motoras; 2) a participação em tarefas de interação social com a técnica de hyperscanning; e 3) em estado de repouso. Além disto, também será investigada a viabilidade do uso do NIRS em estudos de interface cérebro-máquina. Para tanto, 90 estudantes universitários sem antecedentes neuropsiquiátricos auto-referidos serão avaliados nas dependências do Núcleo de Cognição e Sistemas complexos da UFABC, no campus de São Bernardo do Campo. A aquisição dos dados de NIRS será realizada em um equipamento NIRScout (www.nirx.net). Os resultados esperados para este projeto incluem a confirmação do uso do NIRS para o mapeamento da função cerebral bem como da estimativa da conectividade funcional de forma análoga à observada em estudos de RMf. Este projeto será realizado somente com a participação de voluntários saudáveis e o protocolo de experimentação não oferecem nenhum risco a saúde dos indivíduos.

Entre em contato

Bloco L - 3° andar

Avenida dos Estados, n° 5001

Sta. Terezinha - Sto. André - SP

CEP: 09210-580

Email: propes@ufabc.edu.br

 

Telefones

Gabinete: 3356-7614

Administrativo: 3356-7620/7618

IC: 3356-7617/7619

CAP: 3356-7620/7616/7615

Propes-SBC: 2320-6150/6151

CEM-SA: 4996-0028

CEM-SBC: 2320-6176

Biotérios: 3356-7511