Pequenas e Médias Empresas Brasileiras de Base Tecnológica (Startups): Impacto de Aceleradoras Governamentais sobre os Resultados e proposta de um Modelo de Aceleração

Nome do Pesquisador: Silvia Novaes Zilber Turri

Agência de fomento: FAPESP

Vigência: 03/2017 à 08/2018

Pesquisadores Alunos da UFABC:
Edilaine Ferreira Reis Rodrigues - mestranda no curso Engenharia e Gestão da Inovação
Fábio Romanin- mestrando no mesmo curso

Resumo: As startups, pequenas empresas de base tecnológica de rápido crescimento, tem ganho atenção, pois são vistas como uma maneira de alavancar a inovação por desenvolverem novas tecnologias, novos produtos e serviços, além de novos mercados. Porém, a taxa de sucesso desse tipo de empresas é baixa. Nesse contexto, o objetivo desse projeto será investigar o papel de aceleradoras governamentais de empresas no resultado de startups, identificando fatores críticos de sucesso e propondo um modelo de aceleração a partir dos resultados obtidos. Os resultados das empresas referem-se tanto a impactos financeiros, quanto aos relacionados à capacidade de inovação dessas empresas. Justifica-se este estudo, dado que o processo de aceleração de empresas é bem mais recente do que o de incubação, sendo mais explorado o tema relacionado a aceleradoras privadas. Como no Brasil, foram propostos diversos programas governamentais de aceleração, queremos identificar os resultados obtidos por este investimento público e seu retorno, identificando um modelo de sucesso, que otimize os esforços governamentais empreendidos. Quanto ao método a ser empregado, pretende-se desenvolver um estudo descritivo, realizando-se um survey que usará como banco de dados as empresas que participaram do programa "Start up Brasil", que já possui 4 turmas finalizadas e uma em andamento. O uso das empresas que participaram desse programa garante que se tenha uma abrangência de âmbito nacional. Para dar subsídio ao estudo quantitativo, será realizado inicialmente um estudo exploratório, com estudos de caso em start ups que tenham passado pelo processo de aceleração, como base para a geração de escalas para os questionários da survey. Como resultado esperado, pretende-se identificar os diversos processos de alavancagem de resultados desse tipo de empresas, responsáveis pela geração de inovações que contribuem para o desenvolvimento econômico do país.

Entre em contato

Bloco L - 3° andar

Avenida dos Estados, n° 5001

Sta. Terezinha - Sto. André - SP

CEP: 09210-580

Email: propes@ufabc.edu.br

 

Telefones

Gabinete: 3356-7614

Administrativo: 3356-7620/7618

IC: 3356-7617/7619

CAP: 3356-7620/7616/7615

Propes-SBC: 2320-6150/6151

CEM-SA: 4996-0028

CEM-SBC: 2320-6176

Biotérios: 3356-7511