A COMPLEXIDADE NAS CIÊNCIAS: APORTES PARA PENSAR A EDUCAÇÃO

Nome do Pesquisador: Giselle Watanabe

Agência de fomento: Sem financiamento

Vigência: 10/2018 à 07/2019

Pesquisadores Externos:
Supervisora 1 (UAB/Barcelona/ ES): Mercè Junyent Pubill
Supervisoras 2 (US/ Sevilla/ ES): Fátima Rodriguez Marín e Ana Garcia Rivero
Supervisora Principal (USP/ São Paulo/ BR): Maria Regina Dubeux Kawamura

Resumo: A perspectiva da complexidade anuncia uma outra forma de pensar e agir frente às situações da realidade que, de modo geral, referem-se aos sistemas abertos e dinâmicos. Para buscar aproximações com essa perspectiva e propor sua efetiva incorporação nas ações dos sujeitos nos parece fundamental considerá-la no processo educacional, por meio da Dimensão Educacional, Dimensão Ensino-Aprendizagem e Dimensão Epistemológica. Cada uma dessas dimensões incorpora a complexidade em contextos distintos da formação científica escolar. Assim, na Dimensão Educacional ela aparece no contexto do pensamento complexo ao buscar formar um sujeito capaz de lidar com situações de risco; na Dimensão Ensino-Aprendizagem ao discutir os processos e ações de formação na escola que conduz a ideia de complexificação do conhecimento escolar; e na Dimensão Epistemológica emerge no campo das Ciências Naturais e Humanas caracterizada a partir de elementos que se contrapõem ao reducionismo e à possibilidade de previsões deterministas sobre a evolução de sistemas dinâmicos naturais. Essas dimensões, ainda em aberto, demandariam um estudo mais aprofundado buscando identificar alguns elementos presentes em distintos discursos que podem efetivamente mobilizar os(as) alunos(as). Diante disso, esse projeto de pós-doutorado pretende investigar elementos, presentes na literatura e nos discursos de grupos de pesquisa espanhóis, que caracterizam a perspectiva da complexidade no contexto da educação científica escolar. Para tanto, metodologicamente, a pesquisa compreende quatro etapas: (1) análise de estudos relacionados à complexidade na Ciências Humanas e Naturais considerando a Dimensão Educacional, Dimensão Ensino-Aprendizagem e Dimensão Epistemológica; (2) identificação dos aspectos da complexidade relacionados às Ciências Naturais a serem potencializados no Ensino de Ciências; (3) identificação dos elementos da complexidade nos discursos e práticas de grupos de pesquisa espanhóis especialistas no assunto; (4) sistematização dos principais elementos que caracterizam a complexidade nas Dimensões supracitadas a partir de assuntos como decrescimento e questão socioambiental. A partir dessa caracterização pretende-se situar o tema em contextos escolares contemporâneos. Para análise dos dados considerar-se-á a Análise Textual Discursiva, tomando-se como parâmetro a perspectiva da complexidade e as estratégias usuais em estudos etnográficos. Dentre os resultados esperados estão (i) a caracterização do enfoque da complexidade para a educação científica escolar; (ii) aproximações e contrapontos da complexidade nos contextos específicos dos dois países envolvidos; (iii) identificação de possíveis aportes para a educação que leve a uma mudança de perspectiva ao tratar de temas abertos e dinâmicos.

Entre em contato

Bloco L - 3° andar

Avenida dos Estados, n° 5001

Sta. Terezinha - Sto. André - SP

CEP: 09210-580

Email: propes@ufabc.edu.br

 

Telefones

Gabinete: 3356-7614

Administrativo: 3356-7620/7618

IC: 3356-7617

CAP: 3356-7615/7616

Propes-SBC: 2320-6150/6151

CEM-SA: 4996-0028

CEM-SBC: 2320-6176

Biotérios: 3356-7511